Tudo sobre festa junina

Existem duas explicações para o termo Festa Junina, a primeira explica que a festa surgiu em função das festividades, ocorrem durante o mês de junho. Outra versão diz que esta festa tem origem em países católicos da Europa e, ou seja, seriam em homenagem a São João, no inicio a festa era chamada de Joanina. De acordo com a história, a festividade foi trazida para o Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial, época que o país foi colonizado e governado por Portugal. Continue lendo tudo sobre a história da Festa Junina.


Na época que a festa começou a fazer parte do calendário no Brasil, sofreu várias influencias culturais dos portugueses, chineses, espanhóis e franceses. Da França veio a dança marcada, característica típica das danças nobres e que, no Brasil, influenciou muito as típicas quadrilhas.



A tradição de soltar fogos de artifício veio da China, região de onde teria surgido a manipulação da pólvora para fabricação de fogos.


Da península Ibérica teria vindo às danças com fitas, muito comum em Portugal e na Espanha.


Todos estes aspectos culturais foram com o passar do tempo, misturando-se aos aspectos culturais dos brasileiros, que contam com os indígenas, afro-brasileiros e imigrantes europeus, nas diversas regiões do país, onde cada lugar tem sua característica diferente.

Tradições

Elas fazem parte das comemorações, o mês de junho é marcado com fogueiras, servindo como centro para a famosa dança de quadrilhas. Os balões não poderiam ficar de fora dessa festa, mesmo as leis proibindo esta prática, em função dos riscos de incêndio que representam.


No nordeste, a formação de grupos festeiros é muito comum, estes grupos ficam andando e cantando pelas ruas das cidades. Vão passando pelas casas, onde os moradores deixam comidas típicas e jogos para animar os visitantes. A dança de quadrilha, geralmente acontece durante a quermesse.


O Santo Antonio é considerado o santo casamenteiro, são comuns as simpatias para mulheres solteiras que querem se casar. No dia 13 de junho, as igrejas católicas distribuem o pãozinho de Santo Antonio.

A tradição diz que o pão bento deve ser colocado junto aos outros mantimentos da casa, para que nunca ocorra a falta. As mulheres que querem se casar, devem comer o pão, assim diz a tradição.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

© Melhores Dicas