Estrias: Como tratar?

Não há nada de supernatural com as estrias. Apenas, a pele se rompe, ai cicatriza e acaba ficando com esses traços brancos. Ela se forma quando a pele é excessivamente estirada, fazendo com que ultrapasse sua capacidade de distensão  Existem várias fases na vida das pessoas, principalmente das mulheres em que esse fenômeno poderá acontecer na pele: crescimento na puberdade, falta ou ganho muito rápido de peso, gravidez ou o uso crônico de medicamentos a base de corticosteroide  E local não é determinado. Nas mulheres, são atacadas as áreas mais femininas: como bumbum, quadris e seios. Quer saber um pouco mais sobre as estrias e como tratá-las? Confira aqui:

Segundo a dermatologista formada pela Universidade de São Paulo, Alessandra Ribeiro, as estrias avermelhadas são as mais recentes tendo essa coloração devido ao rompimento sanguíneo. Os tratamentos iniciados nessa fase têm melhores resultado, pois as células continuam vivas e com maior capacidade regenerativa.


Agora, o motivo pelo qual as estrias brancas são brancas é porque são consideradas as mais antigas. "Essas estrias são de cor branco-acinzentado, pois a melanina (substancia que dá coloração à pele) não é mais produzida onde as fibras se rompem. Também apresentam uma diminuição acentuada da espessura da pele, formando uma depressão, tipo uma cicatriz. Os tratamentos iniciados nessa fase conseguem apenas estreitá-la", explica a dermatologista.

TRATAMENTOS:

Peeling: Sendo um tratamento com ácidos, ela criará uma melhor de produção de tecido colágeno, deixando a pele com uma melhor suavidade na pele, mas não tira totalmente as estrias.

Mesoterapia: Esse tipo de tratamento poderá ser usado em ambos os tipos de estria. Segundo a dermatologista: "É injetada no local da estria, com finas agulhas, uma substância capaz de estimular a produção de colágeno na quantidade ideal para preencher os sulcos das estrias antigas, que, por conseqüência, ficam mais estreitas. Cada aplicação dura 10 minutos por estria e o tratamento leva, no mínimo, dois meses".

Laser: Indicado somente para as estrias vermelhas, que ajuda no fechamento dos pequenos vasos, diminuindo o tamanho das estrias e amenizando-as.

NO FUTURO, quem quiser esperar para conferir, será colocado a prova uma nova forma de tratar as estrias, mas agora para realmente removê-las. O nome do tratamento é eletroporador, pretende fazer com que qualquer tipo de substância penetre na pele, contudo sem agulhas.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

© Melhores Dicas