Dormir menos deixa o cérebro mais ativo

Provavelmente, todos já tiveram a seguinte sensação: estou exausta, meu corpo está cansado, tive um dia muito agitado, mas, de alguma maneira, meu cérebro ainda está a mil por hora. Consigo pensar em quase toda a minha vida e não pego no sono  de imediato. É como se o seu cérebro privado de sono ou muito tempo em funcionamento,  fosse mais ativo. Segundo o neurofisiologista Massimini, da Universidade de Milão, conforme o tempo passa e você não dorme, seu cérebro fica em um modo de alerta, mais sensível a estímulos.
Dormir menos deixa o cérebro mais ativo

Massimini, em seu estudo, estimulou as células cerebrais do córtex frontal de voluntários com um choque de energia por uma estimulação craniana. Depois, observava como os indivíduos se portavam, em quem tinha ficado acordado por 2, 8, 12 e até 32 horas. Quando menos sono, o cérebro fica mais 'estressado' a estímulos.  A pesquisa feita pelo doutor, foi como o exemplo de um amigo que cutuca a costela do outro em duas situações: como o sono em dia e, na outra, com o outro sem dormir. O que havia menos tempo de sono pulou mais alto.

Pensando dessa maneira, o médico faz uma ligação com os epilépticos- da qual explica que pessoas com essa doença ficarem muito tempo acordadas, possuem maior propensão de ter convulsões. E, por outro lado, pessoas com depressão severa, podem melhorar seu desempenho do cérebro, se ficarem mais tempo acordadas.

Mas, a pergunta é: por que isso acontece? Porque nossos cérebros não funcionam melhor quando descansamos do que quando estamos exaustos ou sem dormir direito? A resposta pode se relacionar com a seguinte afirmação: quando estamos acordados, na ativa em nossa correria cotidiana, nossos cérebros estão numa constante formas de novas sinapses,  conexões com outros neurônios, a todo vapor! Quando mais tempo você fica acordado, mais isso acontece.

Mas, muitas delas, não possuíam a necessidade de serem feitas as sinapses do cérebro, ( por isso a necessidade do indivíduo descansar, para dar uma amenizada no excesso de conexões entre neurônios)- para que sua mente não entre num período de sobrecarga, podendo ocasionar até enxaquecas.

Por mais que o cérebro fique mais ativo, ele está sonolento e com excesso de cargas, mesmo que não percebamos. É desta forma que estudiosos sempre repetem para quem estuda muito para passar em uma prova e possui a necessidade de aprender muitas coisas em um só dia. Descansar depois do almoço, até 15 minutos, pode ter resultados significativos na aprendizagem, justamente por fazer com que o cérebro elimine o desnecessário e fixe o que você precisa lembrar!

Por isso, descanse! Excesso de informações só vai trazer consequências futuras. Pensa em toda a sua vida antes de dormir? Não se preocupe, foque no sono que o resultado do dia seguinte será melhor.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

© Melhores Dicas