A importância do cinto de segurança

Os cintos de segurança são o meio mais eficaz que se tem para reduzir o risco de ferimentos graves e mortes em acidentes de automóvel. Para que se tenha proteção pessoal e os demais ocupantes do veiculo é necessário sempre a utilização do sinto de segurança, quando o veiculo estiver em movimento. As gestantespessoas fisicamente debilitadas e as crianças também devem utilizar o cinto de segurança, elas estão mais propensas a ficarem seriamente feridas se não estiverem usando o cinto de segurança. Continue lendo e conheça todos os modelos de cintos e a segurança que ele trás a vida.
A importância do cinto de segurança

Esse dispositivo é essencial para a prevenção de danos físicos ao condutor e aos demais passageiros do veiculo. Mesmo sabendo que ele pode salvar vidas, muitas pessoas ainda não fazem uso do acessório.

O cinto de segurança impede, caso aconteça alguma colisão, que o corpo humano se choque contra o volante, painel e para brisas, ou que a pessoa seja jogada para fora do carro.

Fora o cinto de segurança, existem vários outros itens de segurança que podem ser usados a fim de proteger os passageiros em casos de acidentes, como as cadeirinhas de bebê, que devem ser usadas de acordo com a idade das crianças.


Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, deixar de usar o cinto de segurança é infração grave. O motorista leva multa e 5 pontos negativos na CNH. A regra também vale para os passageiros.

Muitas pessoas não postam de usar o cinto, por achar que é incômodo ou até mesmo por medo de ficarem presas em caso de acidentes. Mas todos sabem que as pessoas nunca devem de deixar de fazer o uso do cinto, pois ele previne que acidentes mais graves aconteçam, e muitas vezes salvam vidas.


Tipos de cinto de segurança


Cinto de três pontos

Esse tipo de cinto é o que mais oferece segurança aos passageiros dos automóveis. Eles podem ser fixos ou retráteis, também são chamados de cintos com retrator.

O cinto retrator permite um ajuste mais confortável e mais seguro do corpo, isso torna mais fácil a movimentação de quem usa, esse tipo de cinto é usado bem próximo do corpo, aumentando a proteção em relação aos cintos fixos.

Cintos pélvicos

Eles protegem a projeção total do corpo, mais não protegem contra ferimentos na cabeça e no tórax.

Cintos torácicos

Eles protegem a cabeça e o tórax, mas não oferecem tanta proteção para o quadril e as pernas.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

© Melhores Dicas