Tartaruga gigante será embalsamada

Os restos mortais de George Solitário, uma tartaruga das ilhas Galápagos, foram enviados a Nova Iorque para serem embalsamados, para que depois sejam expostos em um museu que foi seu lar durante quatro décadas, assim informou a reserva que o protegia. A tartaruga George, virou símbolo da preservação da natureza que morreu em 24 de junho, foi embarcado com destino a Nova Iorque, onde o museu Americano de História Natural ficará encarregado do processo de taxidermia, de acordo com o comunicado do Parque Nacional de Galápagos. Continue lendo como será feito o embalsamento de George.
Tartaruga gigante será embalsamada

Os restos foram levados inicialmente para a ilha de Baltra, onde foi enviado em uma caixa de madeira, fibra de vidro  e material isolante que funciona como uma câmera de frio.

O animal centenário chegará congelado ao museu para o começo de procedimento  que durará entre oito e nove meses, segundo alguns especialistas.

Depois de embalsamado George será levado de volta sua cidade para ser exibido em um museu que ainda será construído no local onde ele viveu desde 1971, quando foi descoberto.

De acordo com pesquisas foram descobertos a existência de 17 parentes genéticos do quelônio. Segundo os cientistas a descoberta foi o primeiro passo rumo à recuperação desta espécie, por mio de um programa de reprodução e criação em cativeiro.

As tartarugas gigantes podem viver até 180 anos, pesar quase 400 quilos  medir 1,80 metro. Além disso, são famosas por terem inspirado a teoria da evolução por seleção natural.

Confira mais fotos de George:

Tartaruga gigante será embalsamada

Tartaruga gigante será embalsamada

Tartaruga gigante será embalsamada

Tartaruga gigante será embalsamada

Tartaruga gigante será embalsamada

Tartaruga gigante será embalsamada

Tartaruga gigante será embalsamada

Tartaruga gigante será embalsamada
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

© Melhores Dicas