A importância dos fósseis e seus processos de fossilização

Os Fósseis são restos ou vestígios preservados de animais,plantas ou seres vivos grudados em rochas, com molde do corpo ou parte deles, rastros e pegadas. Quando se tem uma quantidade e sua colocação nas formações rochosas e camadas sedimentares pode ser chamado de registro fóssil. Essa palavra é derivada do termo latino fossilis que significa ser desenterrado. A ciência que estuda os fósseis é a Paleontologia. Continue lendo qual a importância dos fósseis para a ciência humanidade.

A fossilização ocorre dificilmente porque a decomposição dos corpos é muito rápido, para que um corpo fique fossilizado, os restos devem ser cobertos por sedimentos o quanto antes. 

Existem diferentes tipos de processos de fossilização como:

Mumificação


 Moldagem



Recristalização


 Carbonificação


 Mineralização


 Incrustração


O homem sempre tentou interpretar e observar a natureza, desde muito cedo ele encontrou rochas com impressões em formas de conchas, ossos de animais e folhas de plantas, ou seja, fósseis ao longo de muitos séculos estas impressões estimularam a imaginação do ser humano, gerando muitas explicações. Em algumas destas explicações, elas foram consideradas criações de espíritos maus ou bons, chamadas de cobras de pedra ou pedras mágicas.

Outras interpretações feitas os resultados foram descritos como radiações do sol ou das estrelas. Algumas pessoas preferiram falar que as rochas eram brincadeiras do reino mineral, que imitava formas de plantas e animais existentes na natureza.

No século XVII existiam teorias de que as impressões deixadas nas rochas seriam o resultado de uma propriedade inerente à Terra, da qual surgiriam essas imagens de regiões ocultas do mundo. nesse mesmo século um estudo da igreja afirmava que o diabo tinha colocado aquelas impressões nas rochas para enganar e embaraçar a humanidade.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

© Melhores Dicas